segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Conversando com Deus 
é o novo CD 
de Maurizélia Braga


A cantora Maurizélia Braga, de Campina Grande, está lançando o CD Conversando com Deus, composto por 14 hinos. 

A música-título é de autoria de Cláudio Louvor, da dupla Canção e Louvor. 

A produção tem ainda composições da própria Maurizélia, do cantor Moisés Cleyton (música O Barquinho), de Dener de Sousa (São Paulo), de Samuel Santos (da dupla Daniel e Samuel, de Goiás) e do cantor Elisac Regis (Mossoró). 

O novo CD da cantora Maurizélia Braga conta com regravações dos hinos Te Amo (Sérgio Lopes) e Por Amar Você (Cassiane). 

As informações são de Amazan Filho, marido cantora Maurizélia. 

Para convidar a Maurizélia Braga, ligue (83) 9 9988-2784.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Diferente do mundo!

Vem aí o Encontro de Jovens da Assembleia de Deus em Mossoró (EJAD 2017). O evento vai ocorrer de 25 a 28 de fevereiro, no Templo Sede da Assembleia de Deus (Avenida Dix-neu Rosado), tendo como tema Diferente do mundo!

 O tema do Ejad é baseado no livro de Romanos 12.22: “Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus”.

Música

Serão conferencistas no evento os pastores Francisco Cícero Miranda (Mossoró), Anderson Predes (Natal), Adylton Sales (Fortaleza-CE) e o presbítero Márcio Melo (Goiânia). Também vão participar o cantor João Mateus e banda (Ceará), Vânia Belo (Patú) e Jozyanne Oliveira (Rio de Janeiro).

Campanha para contribuição

O presidente da Assembleia de Deus em Mossoró e região, pastor Francisco Cícero Miranda, vai anunciar no próximo sábado, dia 28 deste mês, a campanha de contribuições para aquisição da Rádio Libertadora Mossoroense, em breve FM 96.3 MHz. 

A Assembleia de Deus em Mossoró firmou contrato, no dia 5 deste mês, para aquisição da emissora ao grupo Tropical de Comunicação.

A esperança viva


No primeiro dia da semana, de manhã bem cedo, as mulheres tomaram as especiarias aromáticas que haviam preparado e foram ao sepulcro.
Encontraram removida a pedra do sepulcro, mas, quando entraram, não encontraram o corpo do Senhor Jesus.

Ficaram perplexas, sem saber o que fazer. De repente dois homens com roupas que brilhavam como a luz do sol colocaram-se ao lado delas.
Amedrontadas, as mulheres baixaram o rosto para o chão, e os homens lhes disseram: “Por que vocês estão procurando entre os mortos aquele que vive?
Ele não está aqui! Ressuscitou! – Lucas 24.1-6

Parece repetitivo ou redundante dizer que, diante da veiculação de más notícias na mídia a toda hora, paire certa angústia e desesperança nas pessoas. Mas, infelizmente, é uma realidade que está diante dos olhos de todos. Não são poucos os que perdem as suas vidas em meio a esse cenário desolador.

Cada vez mais, os veículos ou espaços midiáticos que se dedicam a tal tipo de notícias são mais assistidos ou acessados pelas pessoas, as quais são bombardeadas a todo instante com a repetição desses fatos. É a banalização da violência e da morte. Embora a divulgação de tragédias ocorram com tanta freqüência, notícias sobre a morte sempre provoca impacto, porque a separação sempre causa tristeza, principalmente às famílias que perdem seus entes queridos.
  
No texto lido, em Lucas 24, aquelas mulheres foram visitar o local onde fora sepultado o corpo de Jesus, tempo depois da crucificação e da sua morte. É claro, elas estavam marcadas por uma profunda tristeza. Estavam consternadas. Havia razão para isso. Aquelas mulheres eram fieis seguidoras de Jesus. Em Cristo, elas encontraram um novo sentido para suas vidas. E, de repente, viram Jesus ser morto, em terrível morte de cruz.

Ao chegarem ao local onde fora sepultado o corpo de Jesus, no entanto, tiveram uma surpresa: ouviram dos dois homens que estavam com roupas resplandecentes, a melhor notícia. A notícia de que Jesus havia ressuscitado.

Em meio a tudo o que vem ocorrendo ao seu redor, saiba que há esperança, seja qual for a situação em que você se encontre. É necessário tão-somente que mude o foco de seu olhar. Que você abra a sua mente e o seu coração e coloque as suas esperanças em Jesus Cristo, Aquele que vive e reina. Ele é o dono da vida.

Jesus Cristo padeceu na cruz pelos seus pecados. Na cruz, Ele morreu para os pecados da humanidade fossem perdoados. Ali, Ele venceu a morte e ressuscitou ao terceiro dia. Repetimos: foi também por você. Então, arrependa-se dos seus pecados e aceite Jesus com Salvador. Tome essa decisão. Fazendo assim, você vai ter a salvação e a vida Eterna.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

A Rádio Libertadora é nossa!


Pastor Wendell Miranda, Tarcísio Maia Filho, pastor Francisco Miranda e Micael Melo


O pastor Francisco Cícero Miranda, presidente da Assembleia de Deus em Mossoró e região, anunciou na manhã desta quarta-feira, dia 5 de janeiro, que a igreja firmou contrato para aquisição da Rádio Libertadora Mossoroense (1.430 KHz) ao grupo Tropical de Comunicação. 

A conclusão das negociações para aquisição da emissora aconteceu durante reunião entre o pastor Francisco Miranda, diretor do Sistema Tropical Tarcísio Maia Filho, superintendente de Comunicação da AD mossoroense, pastor Wendell Miranda, e o advogado da instituição, Micael Melo.  

Por volta das 13 horas, o superintendente de Comunicação da Assembleia de Deus, pastor Wendell Miranda, tornou pública a boa notícia nas redes sociais. "Hoje pela manhã foi fechado o contrato de aquisição da Rádio Libertadora", informou. "Estamos felizes por este veículo de comunicação que continuará servindo a pregação do evangelho como FM Libertadora (96,3 MHz)".  
  
Veja o vídeo

    


Ao participar do culto de missões na Assembleia de Deus Boa Vista 1 em Mossoró, o musicista João de Deus da Silva afirmou que a Salvação através do Senhor Jesus Cristo, ocorrida em 1996, constituiu-se no maior milagre na sua vida. Embora, de lá para cá, muitos outros milagres e incontáveis bênçãos aconteceram, acrescentou. 

Antes de testemunhar do que o Senhor proporcionou, João de Deus cantou hinos ao lado da esposa, a cantora e instrumentista Zélia Maria Ferreira. Entre os louvores entoados, dois são marcantes. Um deles é Único Caminho, composto ainda no leito do hospital e antes da conversão. E, o outro, Pai Libertador, inspiração divina após aceitar Jesus Cristo como Salvador. 

João de Deus relatou que era muito resistente à palavra, mas os irmãos perseveraram na evangelização, principalmente quando ele estava internado, após cair de um veículo, ao se deslocar para uma concentração política, onde participaria como músico.  

O homem, até então arredio ao evangelho, passaria a testemunhar com a própria vida, ao lado da esposa, e a usar o talento para a música a serviço da proclamação da palavra.  


Ao realçar a nova fase de sua vida, João de Deus citou o livro de Isaías, capítulo 43, versículos 10-13:

Vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor, e meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.


Eu, eu sou o Senhor, e fora de mim não há Salvador.
Eu anunciei, e eu salvei, e eu o fiz ouvir, e deus estranho não houve entre vós, pois vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor; eu sou Deus.


Ainda antes que houvesse dia, eu sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá?

Em seguida, João de Deus acrescentou outra passagem bíblica (Atos 20.24), para confirmar que Deus realmente transformou ele e Zélia em novas criaturas. 

Mas de nada faço questão, nem tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus.

domingo, 11 de dezembro de 2016

Hoje

Cantores João de Deus e Zélia 

vão participar de culto de missões na AD Boa Vista



João de Deus



Zélia Maria

O grupo Gilgal vai louvar ao Senhor durante o culto de missões hoje (domingo, 11 de dezembro), a partir das 18 horas, na Assembleia de Deus Boa Vista 1 em Mossoró, que é dirigida pelo pastor Antônio Felipe Pereira. 

Gilgal é liderado pelos músicos João de Deus e Zélia Maria, que vão testemunhar do que Deus tem feito na vida deles. 

Antes da conversão ao evangelho, João de Deus e Zélia integraram bandas seculares em Mossoró e até em outros estados do Nordeste. Bárbaros, Status, Tremendões, 2001 e Baobá foram algumas das bandas das quais eles fizeram parte em Mossoró. 

Em Natal, João de Deus tocou na banda Apaches e Terríveis; em Pernambuco, foi componente das bandas Arame Farpado e The Victors; e, em Itabuna, na Bahia, atuou no grupo fase. 

Após a conversão, em novembro de 1996, João de Deus e Zélia Maria fundaram o grupo Gilgal, que se dedica ao ministério de louvor ao nome do Senhor Jesus Cristo.